O Cantinho Aconchegante de Maria Loussa!

"Este ambiente é uma amostra do meu mundo literário, que faz parte do meu itinerário"

Meu Diário
19/08/2007 22h18
DEUS CONHECE VOCÊ

 


“Ora, veio a Palavra do Senhor a Jonas, filho de Amitai” – Jonas 1: 1.


Veja quanto privilégio foi o de Jonas!


Veio a ele uma palavra divina e inclusive identificando de quem era filho. Eu particularmente, considero isso maravilhoso!


O recenseamento vem e vai e nós somos apenas mais um no meio da multidão. A sociedade se tornou tão impessoal que quase não nos conhecemos. Não sabemos onde mora o nosso amigo, o nosso irmão de fé. Ficamos dependentes da tecnologia, pois os nossos relacionamentos estão mais vinculados ao telefone e à internet.


Graças a Deus porque o Criador relaciona com os seres humanos de modo pessoal, individual mesmo. Ele nos conhece pelo nome! Sabe a nossa história. Isso é fantástico!


Podemos ler Jonas 1:1 personalizando: Ora, veio a Palavra do Senhor a M.L. filha de ...


A Palavra pode vir a mim, pode vir a você diretamente, identificando inclusive, a minha ou a sua filiação.


Deus não preocupa com a multidão, mas com cada indivíduo. Graças a Ele por isso!


Estou aqui Senhor, fala comigo.


 


Publicado por Maria Loussa em 19/08/2007 às 22h18
 
09/08/2007 00h25
ELE DEIXOU SAUDADES

Ele Deixou Saudades


 


O Sapeka morreu!


Não foi possível saber de quê


Meu lindo gatinho


Que gostava de carinho.


 


Num momento de reflexão


Consideramos com paixão:


– Não havia flores!


– Não havia velas!


– Nenhuma cerimônia fúnebre aconteceu


O pobre animal não recebeu.


 


Ah! Mas teve sim um acompanhamento


Pelos meninos do bairro


Até o local do sepultamento.


Cavaram um buraco


E lá o colocaram


Foi assim que o prestigiaram.


 


Outros animais de estimação


Criei e cuidei com muito esmero


Mas nenhum deles teve a distinção


Como o Sapeka teve e recebeu


Pois ele de todos foi o primeiro


E ainda especial como o Teseu.

Publicado por Maria Loussa em 09/08/2007 às 00h25
 
09/08/2007 00h06
VIDA ON LINE

 


Entre bytes, megabytes e até gigas


Conecto minha máquina e vejo amigos


Chegando, partindo,


Também chorando e sorrindo


Inicio minha navegação.


De repente surge uma interrupção


Atendo ora o fixo, ora o celular


Desligo o fogão


Pois uma panela começa a queimar


Mas não deixo


A conexão escapar.


 


É divertida atividade


E bela razão de viver


Para quem está na Terceira Idade


Choro de emoção


Sorrio e me alegro mesmo sozinha


São animados como eu


Meus amigos, minha turminha.


Se abro o MSN nem dou conta


De atender e conversar


Com todos que querem matar a saudade


Que a cada dia remonta.


 


Nesse universo virtual


A vida passa rapidamente


E a inspiração traz uma poesia


Para minha e sua alegria!


Publicado por Maria Loussa em 09/08/2007 às 00h06
 
07/08/2007 16h33
RETORNO
Meu Diário,
Voltei a você com muitas saudades de suas páginas.
Formamos um par romântico. Eu escrevo e você me dá o retorno dos registros, os quais me dão muito mais prazer em escrever.
Com meus sessenta e quatro aninhos bem vividos. Têm sido alegres e divertidos!
Quero externar minha alegria por ter a sua companhia!



                                              Maria Loussa


Publicado por Maria Loussa em 07/08/2007 às 16h33
 
16/07/2007 15h21
ORKUT
Voltei para a Rede de Amigos Virtuais do ORKUT.
É algo interessante em face os relacionamentos virtuais que são mantidos entre os amigos.
Compartilhamos coisas que alegram o espírito e o coração, os quais fazem parte da nossa emoção.

Acróstico

O bservadores virtuais que
R etratam através da virtualidade o
K antismo da legitimidade das potencialidades
cognitivas da razão
U fanando do que sabem cujos
T alentos expostos mostram quem são.

Publicado por Maria Loussa em 16/07/2007 às 15h21



Página 8 de 14 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]



Site do Escritor criado por Recanto das Letras